• segunda-feira , 25 setembro 2017

Show com Aviões do Forró superlota a Estação das Artes Elizeu Ventania

Prefeito Francisco José Júnior prestigiou abertura de temporada de shows na Estação das Artes

Prefeito na Estação

O segundo dia de festas na Estação das Artes Elizeu Ventania com certeza concentrou o maior público da primeira semana do Mossoró Cidade Junina, que promete reunir 1,5 milhão de pessoas até o dia 29. Considerado um dos maiores arraiás do Brasil, a festa já se tornou agenda obrigatória para quem procura grandes shows e diversão com bastante segurança.

Pela cara da multidão que lotou a extensão em frente ao palco do forró, era possível perceber que o evento mais que agradava. Gente de todas as partes do Rio Grande do Norte e do Brasil cantavam as músicas das bandas que se revezaram nos dois palcos principais. O destaque maior, sem dúvida, foi a banda Aviões do Forró, responsável pela atração de um público sempre fiel e cada vez maior.

A multidão emalou na Estação, desde a entrada, até área dos shows. O Terraço Junino e o camarote vip ficaram lotados. As pessoas se aglomeraram onde encontraram lugar, mas o aperto não foi dificuldade para quem saiu de casa em busca de diversão. Ao contrário, foi um tempero a mais e isso estava estampado nas expressões e na força que fizeram para acompanhar os cantores principais.

Nesta sexta-feira, 13, além de Aviões do Forró, subiram ao palco as bandas Roberto Maior Expressão, André da Mata e Pé de Ouro. Neste sábado não deve ser diferente. Os shows no maior palco da festa, um dos 30 espalhados pelo Corredor Cultural, serão conduzidos por Forró Swingado, Forró Mais Eu, Dorgival Dantas e Garota Safada.

 

O prefeito Francisco José Júnior esteve local e até ele, acostumado com a realização de eventos, ficou impressionado com a multidão. “Esta, com certeza é uma das noites mais bonitas deste São João”, destacou o chefe do Executivo que visitou todos os camarotes. Antes disso, ele esteve acompanhando a missa em alusão ao padroeiro junino na capela de São Vicente. Lá também assistiu ao Chuva de Bala no País de Mossoró. “Impressionante como os atores conseguiram, em tão pouco tempo, reconstruir este espetáculo e voltarem a nos emocionar”, destacou Francisco José Júnior.

Related Posts

Deixe um comentário..