• quinta-feira , 17 agosto 2017

Sem temer o povo, Beto Rosado segue maioria da bancada do RN e vota pela permanecia de Michel.

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira (02/08/2017), por 263 votos a 227 e 2 abstenções, a autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) abrir processo criminal contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva (SIP 1/17), seguindo parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Dos 263 votos que foram favoráveis ao arquivamento da proposta de investigação contra o atual presidente 5 deles vieram da bancada do RN, os deputados Beto Rosado (PP ), Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM), Rogério Marinho (PSDB) e Walter Alves (PMDB), ajudaram o presidente Temer a permanecer no cargo ileso de responder por crimes cometidos em posse da presidência.

Rogerio Marinho foi o relator da reforma trabalhista do governo Temer e é um fiel escudeiro das medidas austeras adotadas pelo governo do pmdbista.

Beto Rosado  conseguiu emplacar Marcos Aurélio de Paiva Rêgo nos primeiros dias de agosto, para ocupar comando da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) no RN.

Votaram contra a proposta de arquivamento os deputados Zenaide Maia (PR), Rafael Motta (PSB) e Antônio Jácome (PTN) que estão em sintonia com suas bases

Na última pesquisa divulgada pelo IBOPE, 83% dos brasileiros disseram desaprovar a maneira de Temer governar, mas boa parte dos deputados federais do Rio Grande do Norte pensam diferente.

 

Veja como votaram a bancada federal do Rio Grande do Norte

 

Pelo voto Sim

Beto Rosado (PP) – SIM

Fábio Faria (PSD) – SIM

Felipe Maia (DEM) – SIM

Rogério Marinho (PSDB) – SIM

Walter Alves (PMDB) – SIM

 

Pelo voto não

Zenaide Maia (PR) – NÃO

Rafael Motta (PSB) – NÃO

Antônio Jácome (PTN) – NÃO

Related Posts

Deixe um comentário..