• terça-feira , 25 abril 2017

POLICIAL MILITAR É EXECUTADO NO CENTRO DE MOSSORÓ.

O Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (CIOSP), registrou mais um crime de homicídio na manhã desta quarta feira 20 de abril de 2016 em Mossoró no Rio Grande do Norte com características de execução.  A ação criminosa ocorreu no semáforo que fica no cruzamento da Avenida Alberto Maranhão, com a Avenida Jerônimo Dix-Neuf Rosado, próximo ao Ginásio Pedro Ciarlini.  A vítima um Policial Militar identificado como Alriberg Lopes França, natural de Governador Dix Sept Rosado, e que era lotado no 2°BPM de Mossoró, seguia em uma motocicleta HONDA POP de cor preta, placa MZC 6436, para o trabalho, quando foi executado por disparos de arma de fogo pelas costas ainda com a moto em movimento segundo o perito do ITEP Joaquim Guimarães.  As primeiras informações é que seriam dois indivíduos em uma motocicleta que retornaram e empreenderam fuga do local em direção a COBAL.

Para o perito criminal foi execução, haja vista que nada do PM foi levado inclusive sua arma da cintura e outra que estava na mochila junto com carregadores e munições, além da moto do PM. A  equipe de polícia civil isolou local e já caiu em campo atrás de imagens de câmeras que possam identificar pelo horário das 6:00hs da manhã a moto em fuga com os elementos. A Polícia Militar isolou o local de crime até a chegada do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) que removeu o corpo para a sede do órgão. Segundo Joaquim ele foi atingido na cabeça e tórax. No local pelo menos seis cápsulas de calibre 380 foi encontrado, porém dos seis deflagrados quatro atingiram a vítima. Questionado sobre uma possível ligação com a morte do policial militar em Caicó ontem 19, e a tentativa a outro PM segunda 18, o delegado de plantão descarta até mesmo por quê são poucas as informações até o momento. Lembrando que um detento de Alcaçuz teria dado uma entrevista a uma rádio do Seridó informando que nos próximos dias iria haver uma série de crimes contra policiais em todo estado.

 

Fonte : passando na hora

Related Posts

Deixe um comentário..